Um ator pornô campeão da moral e dos bons costumes: Frota é a cara do Brasil. Por Nathalí Macedo

Precisamos de cidadãos de bem como ele

Acredite se quiser: estão brigando pela logomarca do MBL.

Se fôssemos um país sério, estariam brigando para desvincularem-se no MBL, a empresa – ou seria melhor dizer quadrilha? – mais risível do cenário político brasileiro na atualidade.

Mas, considerando o circo que o Brasil tem se tornado, nada mais natural que conservadores brigando pela marca – e pela liderança – do Movimento especialista em inspeção de cu liderado, sabe-se lá até quando, por Holiday, Kim Catupiry e Alexandre Frota.

O INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial – já recebeu três pedidos sobre a marca do movimento, que garante categoricamente não ser uma empresa.

Se não é uma empresa, e sim um movimento contra a corrupção (risos), pra que tanto estardalhaço? Só pelos confetes?

Duvido muito.

Movimentos políticos bem intencionados e sem fins lucrativos – como se autoproclama o MBL – não brigam por marca, brigam por justiça. Justiça, ao que nos parece, é tudo o que o MBL não quer.

Kim, que enviou recentemente a foto da bunda mais feia que meus olhos já alcançaram para o meu colega de ofício Pedro Zambarda, garante ser o fundador do Movimento, mas o analista político Vinícius Carvalho Aquino – nota: o MBL não é analista de coisa alguma – diz ser o verdadeiro fundador, junto com um grupo de amigos de Maceió-AL.

O Kim bunda murcha diz que “O MBL tem cara e sempre teve seus líderes, o resto é papo de oportunista”.

Por falar em oportunismo, Alexandre Frota entrou na briga.

O ator pornô e agora fervoroso militante de direita – oportunamente – une-se a Vinícius Aquino para tomar para si a preciosa marca do MBL.

E convida a imprensa pra ficar inteirada de suas intenções, é claro.

Frota é daqueles que não se conformam com o ostracismo: continua buscando qualquer brechinha para aparecer.

Vale fazer vídeo xingando senadora, vale dizer que já namorou pastor homofóbico (nota: não duvido), vale até tentar roubar a marca do movimento mais patético da história desse país.

Frota, um conselho altruísta: pare de tentar chamar atenção com lorotas políticas. Faça outro filme pornô – está provado que é esse, só esse, o seu talento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here