The Daily

Se você está na mídia convém prestar atenção nos movimentos de Rupert Murdoch, dono da News Corp.

Muita.

É um empresário extraordinariamente agressivo. Australiano, fez de um tablóide um império mundial. Passou pela Inglaterra, onde é dono do Times e do Sun, e hoje está nos Estados Unidos com sua segunda mulher, uma chinesa de fazer monge tibetano dar uma pausa num mantra.

Sua Fox News é uma espécie de voz da direita americana.

Murdoch já vai se encaminhando para os 80 anos, e é interessante vê-lo na internet. Murdoch aposta na hipótese mais do que discutível de que o internauta no fim vai acabar pagando pelas notícias. Não uma fortuna, é verdade, mas uma pequena quantia que tem sido  chamada de micropagamento. Um dólar por semana, por exemplo.

O site do Times caiu vertiginosamente em audiência depois que foi fechado. Tem hoje menos de 15% da frequência anterior.

Mas Murdoch persiste e o mundo observa, fascinado.

Seu último grande lance foi o lançamento do The Daily (O Diário), um jornal exclusivo para o iPad. Já o baixei no meu, e minha impressão é bem positiva. Murdoch enxerga o potencial de iPads nos Estados Unidos. Segundo ele, em 2011 serão 11 milhões. É para este mercado que ele está lançando o The Daily, em que foram investidos 80 milhões de dólares.

Num primeiro momento, é gratuito. Para degustação, como se fala no jargão jornalístico. Depois, quem quiser tê-lo terá que pagar cerca de 1 dólar por semana. Pelos cálculos de Murdoch, com uma carteira de assinantes de cerca de 500 000, mais publicidade, o The Daily se tornará lucrativo.

Há uma redação exclusivamente dedicada ao novo jornal.

Se Murdoch reproduzirá na nova mídia o extraordinário sucesso que teve e tem na velha, é uma incógnita.

Mas que ele vem se mexendo para atravessar a ponte que leva ao futuro vem.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here