So Far Away

E então leio que foi executada no funeral de Amy So Far Away, de Carole King.

Era uma das músicas prediletas de Amy, fico sabendo.

Não poderia haver escolha melhor. Muita gente vai conhecer So Far Away por causa de Amy.

É de Tapestry, do comecinho dos anos 1970, um dos melhores discos de todos os tempos. Um daqueles que você ouve da primeira à última faixa, como Back To Black, de Amy. Um todo, não uma sucessão de faixas.

A letra viaja em minha mente.

It would be so fine to see your face at my door … but you’re so far away …

Leio que, na eulogia, o pai de Amy, o taxista Mitch, disse que ela estava feliz quando morreu. Tinha se apaixonado, estava sorridente, e parecia realmente querer parar de beber, segundo ele. Mitch disse que isso — a fase feliz da filha ao morrer — é um conforto.

Concordo.

Mas.

Mas.

She’s so far away …


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here