Robben merecia ser punido como Suárez

Mergulhador compulsivo
Mergulhador compulsivo

Atualização: corre nesta segunda a informação de que a Fifa poderia punir Robben por encenação.

Ladies & Gentlemen:

Um escritor afirmou que o pior pecado depois do pecado é a publicação do pecado.

Foi o que ocorreu hoje com Robben, o atacante holândes.

Depois de uma série infindável de mergulhos para simular pênaltis, ele admitiu a uma tevê holandesa que pelo menos uma vez tentou enganar o árbitro.

Diante da repercussão dessa confissão desconcertante, ele emendou posteriormente que não foi o caso do pênalti que afinal classificou a Holanda.

Neste caso, segundo ele, foi mesmo pênalti – uma afirmação que as imagens colocam claramente sob dúvida. O zagueiro mexicano teria pisado no seu pé, segundo os crédulos. Ora, isto tivesse mesmo ocorrido, o pé pisado, e portanto preso, impediria o voo de Robben. Elementar.

Ladies & Gentlemen: minha tia Mimi dizia, de um certo ator, que era muito bom apesar de careca. (Nota da tradutora: in spite of being bald.)

Sigo tia Mimi e digo que Robben é um grande jogador, apesar de careca.

Mas é também um fanfarrão. Assim como Suárez é um mordedor serial, Robben é um mergulhador serial, compulsivo.

Também como Suárez, é um caso psiquiátrico, mais que futebolístico. Ele sabe que age errado, e mesmo assim não consegue se corrigir.

Nós, europeus, conhecemos bem essa característica detestável de Robben. Não é a primeira vez que ele se desculpa publicamente por trapacear.

O que espanta é que o juiz tenha caído na armadilha de Robben. Não teria informações suficientes sobre ele? É possível.

O técnico mexicano tem razão: Robben já deveria ter recebido cartão amarelo pelas simulações antes do lance fatal. Dificilmente ele teria dado aquele último mergulho que eliminou o bravo México.

Suarez foi punido. E Robben, réu confesso, não deveria ser também?

Tenho certeza de que não será. E sei a razão: ele não é uruguaio, ou sul-americano, ou africano.

É europeu.

Sincerely.

Scott

Tradução: Erika Kazumi Nakamura

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here