Retrospectivas do Diário: as frases do ano

Do comandante de navio fujão à mulher do bicheiro, declarações que ficarão em nossos corações

 

Francesco Schettino

“Vada a bordo, cazzo!”

Gregorio De Falco, comandante da capitania do porto de Livorno, para Francesco Schettino, o capitão do Costa Concordia que escafedeu-se

 

“Me serve, vadia”

Nina, personagem de Débora Falabella em Avenida Brasil

 

“Sou o Coringa”

James Holmes, o atirador do massacre do cinema de Aurora, no Colorado, ao ser preso

 

Geraldinho

“Quem não reagiu está vivo”

Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, depois que uma blitz da Rota matou nove em Várzea Paulista (SP)

 

“É lamentável que as leis de patentes possam ser manipuladas para dar a uma empresa um monopólio sobre os retângulos com cantos arredondados…”

Samsung, na briga das patentes com a Apple

 

Andressa

 “Ele é bicheiro mesmo. E daí?”

Andressa Mendonça, a mulher de Carlinhos Cachoeira, num telefonema grampeado

 

“Há 47% que estão com ele, que são dependentes do governo, que acreditam que são vítimas, que acreditam que o governo tem a responsabilidade de cuidar deles”

Mitt Romney, que conseguiu perder de Obama

 

“Do fundo do meu coração, se fosse para cumprir muitos anos em alguma prisão nossa, eu preferia morrer”

José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, dando um alento aos companheiros do PT

 

Bento 16

“Caros amigos, estou feliz de entrar em contato com vocês pelo Twitter. Obrigado por sua resposta generosa. Abençoo-os do fundo do meu coração”

Papa Bento 16 em seu primeiro tuíte, de doze publicados até hoje

 

“Para mim é uma tragédia ser preso aos 66 anos. Eu vou sair da cadeia com 70. São mais de três anos. Sabe o que é isso?”

José Dirceu, demonstrando muita tranquilidade

 

“Vossa Excelência não está na rua, Vossa Excelência está na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro. (…) Vossa Excelência, quando se dirige a mim, não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar”

Joaquim Barbosa, O Homem Mais Desagradável do Brasil segundo a enquete do Diário

 “É tudo mentira”

Lula, sobre o depoimento de Marcos Valério

 

Senhor Burns

“Lula apoiou o Genoino em 2002, perdeu a eleição. Apoiou a Marta em 2004 e 2008, perdeu. Apoiou o Mercadante em 2010. Perdeu. A tradição do Lula é não ganhar em São Paulo”

José Serra, RIP

 

“Fala, professor!”

Demóstenes Torres, senador cassado, para o mafioso Carlinhos Cachoeira

 

“Me chamem de louco”

Wayne LaPierre, o louco chefão do lobby de armas NRA, defendendo mais armas depois do massacre em Newtown

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here