Rei das fake news: quem é o dono do site que fez a única matéria na mídia americana sobre o tour de Bolsonaro

 

Em meio a seu passeio nos EUA, Jair Bolsonaro destacou uma matéria sobre ele que saiu no site de um cidadão chamado Alex Jones.

No artigo do Info Wars, JB é classificado de “o Trump do Brasil”. Ele acredita que Jones faz parte da “mídia independente”.

Na verdade, trata-se de um dos maiores difusores de fake news do planeta. Assumidamente de extrema direita, picareta de quatro costados, Jones foi definido pela revista New York como o “mais prolífico teórico da conspiração da América contemporânea”.

Algumas das “notícias” dadas por ele:

. Diversas cidades do Brasil estão sendo evacuadas por militares, alguns deles usando a insígnia da ONU. Milhares estão resistindo bloqueando ruas, atirando pedras e coquetéis molotov, e incendiando caminhões do governo.

. A China está estocando arroz, aço, leite em pó e metais preciosos para a guerra que se aproxima com os Estados Unidos.

. O clima do mundo está sendo alterado por um homem muito rico, que está espalhando pequenas partículas de uma substância tóxica na estratosfera.

Alex Jones poderia estar numa camisa de força ou escrevendo roteiros de filmes-catástrofe. Seu programa de rádio de quatro horas é transmitido em mais de 60 rádios AM e FM, com audiência semanal de 2 milhões.

Um de seus “documentários” mais famosos é “Loose Change”, no qual afirma que os ataques de 11 de Setembro foram obra do governo Bush.

Tornou-se conhecido fora de seu círculo de idiotas paranoicos após o massacre da escola de Newtown em 2014, em que um atirador matou 20 meninos e meninas e seis funcionários antes de se suicidar.

Segundo ele, ninguém morreu e as vítimas eram “atores mirins”. Ele é defensor ferrenho da Segunda Emenda da constituição americana, que garante o direito dos cidadãos andarem armados.

Apoiador de Trump, denunciou que seu presidente está sendo envenenado através da ingestão de Diet Coke. É o Olavo de Carvalho deles.

A tese central de sua louca cavalgada é o combate ao que chama de Nova Ordem Mundial, que será instaurada por um grupo de “globalistas” cujas armas são, basicamente, o controle da mente, remédios colocados na água, a “farsa” do aquecimento global, as vacinas e as drogas psicoativas.

Quem está por trás disso? O Banco Mundial e o FMI, as grandes corporações, a Fundação Bill Gates, entre outros.

Antidepressivos são “armas de suicídio em massa”. Obama usava drones em território americano. E por aí vai.

Bolsonaro entra nesse pacote. Alex Jones sabe reconhecer um palhaço perigoso como ele quando vê um.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here