Os dez maiores guitarristas do rock: o 7.o é Keith Richards

O gênio inquieto dos Rolling Stones quase criou um gênero à parte com riffs incríveis

Keith Richards, meu preferido entre os 10 maiores da história, é a prova de que ser um bom guitarrista pouco tem a ver com habilidade manual; é infinitamente mais importante o trabalho mental – a inspiração, o conceito, e até o esforço.

O menos técnico entre os Top 10 é um estilista. Com o mínimo conhecimento de rock, você reconhecerá Keith nos primeiros acordes de uma música. Até na imprecisão e nos erros, o velho imortal é brilhante.

Eu poderia destacar uma infinidade de coisas. Os solos de Sympathy For The Devil e It’s Only Rock & Roll (But I Like It), os riffs de (I Can’t Get No) Satisfaction e Brown Sugar, as harmonias Wild Horses e As Tears Go By, as melodias de Gimme Shelter e Loving Cup, o violão bem tocado, o ritmo, os timbres, a afinação.

Tudo que se pensa quando se fala de Keith Richards é incomum. Por isso, este é o gênio das mãos calmas – mas da mente inquieta.

Meu preferido nos anos dourados

Leia mais: Os 10 maiores guitarristas da história do rock: Ritchie Blackmore é o número 8

Leia mais: Os 10 maiores guitarristas do rock: Angus Young é o nono da lista

Leia mais: Os dez maiores guitarristas da história do rock. O décimo da nossa lista é Pete Towshend

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here