Muito mais que um braço, faltou cérebro para Cleo Pires. Por Nathalí Macedo

Só faltou pintar os corpos de negros
Só faltou pintar os corpos de negros

Os jogos paralímpicos, previstos para o mês de setembro nos mesmos estádios em que ocorreram as Olimpíadas, no Rio de Janeiro, têm ingressos encalhados nas bilheterias.

O espírito olímpico durou pouco. A venda de ingressos cresceu, após uma tímida campanha de alguns internautas nas redes sociais, mas ainda segue longe do ideal.

A Vogue Brasil, numa tentativa de parecer engajada na causa, promoveu uma campanha estrelada por Cleo Píres, representando a paratleta do tênis de mesa Bruna Alexandre, e Paulinho Vilhena, representando o paratleta de vôlei sentado Renato Leite.