Dois juízes e a conta, por favor. Por Felipe Pena

É noix
É noix

POR FELIPE PENA, jornalista, escritor e psicanalista.

 

Michel Temer pediu o cardápio. Gilmar Mendes se antecipou ao amigo e o tirou da mão do garçom: “posso pedir vistas, presidente?”

– Claro, meretríssimo – respondeu Michel.

– De entrada, que tal um queijo Gonzaga com lascas de tomate?

– Ótima escolha, Gilmar. Mas esse prato demora muito. Os tomates só estarão maduros no dia 16 de abril. Se quisermos algo pra hoje, terá que ser este outro aqui mesmo – disse, apontando para um queijo mais amargo.

– Calma, Michel. Quem está vendo o cardápio sou eu. Minhas vistas, minhas escolhas. OK? Apenas obedeça.

– Obedecer-te-ei, meu caro. Mas estou com fome. Veja o que temos como prato principal, por favor.

– Taquilpa, Michel !! Taquilpa !! Apressado come cru! Já disse que o pedido de vistas pode demorar o tempo que quisermos. A alta gastronomia é assim, lenta e conservadora.

– Vossa excelência frequenta a alta gastronomia há muito tempo. Eu o respeito. A escolha é sua.

– Então vamos pedir uma pizza de vieiras.

– Pizza? Mas esse é um prato rápido, Gilmar. E não tem nada a ver com a alta gastronomia.

– Só que a Vieira demora dois meses pra cozinhar. Fica pronta apenas em maio e dá um requinte especial à pizza.

– Mas será que podemos esperar tanto?

– Claro que podemos. Como disse, estamos apenas pedindo vistas, Michel.

– Muito bem. Então, deixa que eu pago a conta. Garçooom…!!!!

– Já está paga, Michel.

– Já está? Por quem?

– Olhe em volta, presidente. São eles que vão pagar.

E soltaram gargalhadas que ecoariam por todo o restaurante até o final de 2018.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/contra-a-corrente/dois-juizes-a-conta-por-favor-21141376.html#ixzz4cwYkxhcN

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here