Datafolha registra pesquisa, julgando Lula e ressuscitando Huck. Por Fernando Brito

Publicado no Tijolaço

POR FERNANDO BRITO

O Datafolha registrou ontem no TSE uma pesquisa que – diz a empresa – será realizada segunda e terça-feira da próxima semana para traçar os cenários de intenção de voto para as eleições de outubro.

Lula permanece presente em grande parte deles e em três das seis opções de voto em segundo turno: contra Alckmin, Marina e Bolsonaro, que se defrontam nas outras três, com a inclusão, também, de Ciro Gomes como contendor de Alckmin.

Num dos cenários de primeiro turno, o Datafolha volta a incluir Luciano Huck, que ontem Fernando Henrique voltou a tirar do “freezer”, dizendo que ele ainda não desistiu da candidatura.

Há, na pesquisa, diversas questões “julgando” Lula e a “justiça de seu julgamento”.

Se eu acredito na exatidão com que a pesquisa irá refletir o sentimento público? Não.

É natural que, num primeiro momento, o impacto da avalanche condenatória possa prejudicar Lula, embora isso não tenha ocorrido, como se mostrou aqui também, quando de sua condução coercitiva e de sua condenação por Moro, porque há agora o diferencial de que ele é apresentado como “fora da disputa”.

Ainda que seja favorável ao ex-presidente, ainda não houve tempo, mesmo que não existam outros fatores, para um fato  tão grave ser “digerido” pelo pensamento de toda a população.

O processo em marcha é pesado demais para que não se acredite que haja pressão sobre pesquisas.

Aliás, é pesado demais para não embrulhar, por um bom tempo, o estômago do povão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here