Condenamos você. Por Eduardo Matysiak

Às vezes é melhor fingir que não viu nada

POR EDUARDO MATYSIAK

Condenamos Bolsa Família.

O subsídio que fez o pobre comer mais de 3 vezes ao dia, que tirou milhões da extrema pobreza e trouxe dignidade ao povo brasileiro. Lembrando que muitos deixam de receber o auxílio por conta própria, e há quem diga que muita gente que recebe não precisa — sim, verdade, mas a fiscalização compete aos municípios.

É engraçado que as pessoas critiquem o auxílio de R$ 100 e fiquem quietas com juiz recebendo auxílio-moradia de R$ 4500. O senhor justiceiro Marcelo Bretas entrou na Justiça para que ele e sua mulher recebessem o tal auxílio. (Auxílio-moradia é para quem não tem condição de ter teto, e eles podem até ser sem-teto… Sem teto salarial…)

Condenamos o FIES.

O programa que deu oportunidade ao filho do pobre de fazer faculdade, que tornou realidade o diploma de médico, advogado e tantas outras profissões.

Condenamos o Mais Médicos.

O maior e melhor programa de saúde que esse país já teve, que trouxe atendimento humanizado ao povo. O objetivo era suprir a carência de médicos nos municípios do interior e nas periferias das grandes cidades do Brasil.

Condenamos o Universidade Sem Fronteiras.

O programa que fez o filho do pobre viajar mundo afora para se especializar e trazer conhecimento para o Brasil.

Condenamos a Farmácia Popular.

O programa que tinha como objetivo oferecer à população acesso a medicamentos considerados essenciais. O programa cumpre uma das principais diretrizes da Política Nacional de Assistência Farmacêutica.

Condenamos o Luz para Todos.

Criado em 2003, o programa levou energia elétrica às regiões rurais e/ou às casas que ainda não a tinham. A iniciativa era coordenada pelo Ministério de Minas e Energia e levou luz para os mais longínquos lugares deste país.

Condenamos o ProUni.

O programa que tinha como objetivo oferecer bolsas de estudos em instituições privadas.

Condenamos o Minha Casa, Minha Vida.

Reduzir o déficit habitacional, garantir o acesso à casa própria e melhorar a qualidade de vida da população eram os objetivos do projeto. Considerado o maior programa habitacional da história, através de parcerias entre governo e cooperativas que subsidiavam o valor do imóvel, cabendo às famílias o pagamento mensal de um valor simbólico, o programa fez milhões de famílias realizarem o sonho da casa própria.

Eu demoraria anos para escrever todos os acertos dos governos do PT.

Será que somos contra a corrupção ou contra Lula? Alguém, por favor, me diz de onde vem esse ódio?

E senhores:
Lula
Se preso, vira herói.
Se morto, vira mártir.
Se livre, vira presidente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here