Comparar o punho cerrado de Genoino e Dirceu a Hitler é talvez a maior canalhice da internet brasileira

As piadas com Freddie Mercury, John Travolta e Anitta foram engraçadas. Ainda mais porque Genoino laçou no pescoço um lençol bordado em que havia impresso o “Poeminha do Contra” de Quintana. O tal humor involuntário. Enfim.

Mas aí veio a canalhice inconteste daqueles que estão usando o gesto de erguer o braço esquerdo para comparar Dirceu e Genoino a – claro, como não – Adolf Hitler. Um humorista está chamando o braço erguido de “gesto sagrado entre genocidas e ditadores”.

E tome montagens comparando os petistas enclausurados a Hitler, Lênin, Fidel Castro etc etc. A imagem abaixo acompanha o arrazoado bobo de um blogueiro da Veja, um post que é um daqueles trabalhos preguiçosos de copiar e colar memes de internet.

punho

Calma, gente. Pera lá. O gesto de erguer um dos braços deve ser tão velho quanto os nossos braços. Não sou especialista em neurolinguística, mas sabemos o que um braço erguido traduz: poder. O gesto alude à resistência, à vitória, ao êxito na batalha, enfim. Sem dizer que faz parte da continência militar (antes de tocar a testa, o subordinado estica o braço acima do ombro).

A propósito, a saudação do Terceiro Reich era feita de mão espalmada e com o braço direito (a foto em preto e branco de Hitler de punho cerrado, usada nas montagens, é dos ensaios que fazia de seus discursos antes de se tornar fürher; fotos estas que estavam inéditas até julho deste ano). A dupla do PT usa o braço esquerdo e o punho fechado. Se lembra algum gesto, até pelo modo como ambos condenados abaixaram suas cabeças, Genoíno e Dirceu parecem citar os Panteras Negras, o movimento socialista negro americano, que os atletas americanos Tommie Smith e John Carlos fizeram num pódio dos Jogos Olímpicos de 1968, no México.

punho2

Vamos, por que não, a alguns exemplos mais? De políticos que qualquer um ligaria ideologicamente a Lênin e Castro. Começamos por Richard Nixon. De todos os comunistas e nacional-socialistas, este era um dos que mais adorava o gesto, usando um ou dois braços.

punho3

Vamos mais à esquerda: aqui o ex-presidente americano George W Bush, sobraçando um cachorrinho, sem dúvida saudando suas bases durante um discurso na sede do Partido Comunista dos Estados Unidos.

punho4
Agora, só não me pergunto por que não se lembram de duas figuras amadas que também eram chegadas num punho cerrado. Vejam só:

punho5punho6
Enfim: esse gesto não simboliza absolutamente nada além de que o personagem quer demonstrar força, que resta nele a vontade de lutar, que deseja saudar seus companheiros.

Não tenho muito o que dizer que não seja: você que está fazendo ou espalhando essas montagens, tome vergonha na cara e vá defender seu ponto de vista usando argumentos, não trucagens ridículas e que pare de poluir a internet dos outros com propaganda de quinta categoria.

Comments are closed.